Blog

Muitos sinistrados enfrentam situações de conflito com as companhias de seguros, sentindo-se totalmente desamparados e sem saber a quem recorrer para exigir um tratamento digno. Aqui ficam algumas recomendações para saber como atuar nestes casos. À realidade desditosa de sofrer o acidente - já por si bastante desagradável - junta-se ainda alguma frieza das seguradoras no tratamento e atenção aos...
LER MAIS
Muitos sinistrados perdem o direito à indemnização por não cumprirem os prazos estabelecidos por lei. Os sinistrados de acidentes de trabalho têm um período máximo de um ano para reclamar a indemnização. O prazo tem início a partir do dia de alta clínica, devendo o trabalhador fazer a participação do acidente ao Tribunal do Trabalho durante esse período. Uma vez...
LER MAIS
Como se indemniza o prejuízo estético? A maioria (para não dizer totalidade) das pessoas que nos contactam por terem sofrido um determinado dano estético como consequência de um acidente de trabalho, são informadas pelas companhias de seguros que não têm direito a indemnização porque o dano estético não os incapacita para a sua profissão. Mas será realmente assim? O que...
LER MAIS
“Leis e Tribunais favorecem seguradoras” é a conclusão de um estudo realizado pelo Observatório da Justiça, que ressalta a vulnerabilidade dos sinistrados face à influência das seguradoras nos pareceres das juntas médicas e sentenças. O estudo data de 2011 mas esta tendência mantém-se bastante atual na realidade portuguesa. São vários os casos de sinistrados cuja avaliação médica do tribunal, realizada...
LER MAIS
No último post explicámos o que é uma IPATH (Incapacidade Permanente Absoluta para o Trabalho habitual) e esta semana vamos debruçar-nos sobre as incapacidades limitativas para todas as profissões: INCAPACIDADE PERMANENTE ABSOLUTA PARA TODO E QUALQUER TRABALHO (IPATQT). O que é uma IPATQT e como se calcula a indemnização para este tipo de incapacidades? Uma IPATQT significa que o trabalhador...
LER MAIS
Esta continua a ser a principal questão levantada pelas vítimas de acidente de trabalho. Contudo, mesmo após passarem pela junta médica, a maioria dos sinistrados só sabe quanto irá receber quando vão levantar o cheque ao tribunal. O cálculo da indemnização é realizado com base numa fórmula que depende dos seguintes fatores: IPP (Incapacidade Permanente Parcial) ou IPA (Incapacidade Permanente...
LER MAIS

    Enviar

    © 2022 RP Associados
    Avenida Álvares Cabral, 47, 1.º andar
    1250-015 Lisboa

    FAÇA UMA PERGUNTA